quarta-feira, 21 de março de 2012

ANIMÁQUINA: TRANSFORMER DRAW


Uma velha brincadeira. Um pequeno despropósito imagético: uma caçada seduzida pela dubiedade transbordantemente presente na "animáquina". Desvendar as feras metálicas, modernas devoradoras de cotidianos (e vidas).

Um comentário:

  1. Como é que ninguém comentou antes? Surreal, cômico, direto...Massa!

    ResponderExcluir